Resenha - A Test of Courage, de Justina Ireland

Olá leitores, tudo certo?

O livro de hoje é infanto-juvenil, isso quer dizer que ele não foi escrito com o pensamento em leitores como eu, já beirando chorosamente os trinta anos, mas isto não significa que eu não me diverti ou que o livro não trata de assuntos maduros e interessantes, muito pelo contrário, mas vou falar disso em detalhes mais para frente.


Este livro é também parte da Alta República. Se você não sabe o que é, recomendo ouvir meu podcast resenhando o livro The Light of the Jedi. A história de hoje é concomitante com The Light of the Jedi, terminando mais ou menos junto, já que os personagens deste livro estavam indo prestigiar o lançamento da Estação Starlight, quando foram pegos de surpresa por algo.

Hoje, realizaremos a resenha de A Test of Courage, por Justina Ireland.

A República planeja expandir seu território para o sistema Dalnan, o que é algo que os Nihil não desejam de maneira alguma, por isso, sabotam a nave em que os líderes deste setor estão viajando para a Estação Starlight. A destruição desta nave deixa apenas quatro sobreviventes orgânicos e um droid. Entre eles, estão dois Jedi.


Vernestra "Vern" Rwoh é a Cavaleira Jedi que passou as provações aos dezesseis anos, a mais jovem a fazê-lo em muito tempo. Ela é uma prodígio com a Força, sendo mais sensível do que muitos mestres desde que a Disney começou a lançar Star Wars. Para a provação que há no livro, ela foi preparada pela própria Força, que trouxe a ela a visão de um chicote-de-luz, uma modificação em seu sabre que a permite usar a lâmina como o próprio Indiana Jones.


Também temos o Padawan Imri Cantaros, que perdera seu mestre durante a sabotagem – e este é um ponto extremamente importante na história, pois é o catalizador e a principal razão para os momentos mais interessantes do enredo.


Presos em uma lua com chuva ácida, a dupla, somados a outros dois jovens sobreviventes, fará de tudo para sobreviver, até a chegada de dois piratas Nihil, que foram até ali para matá-los, pois ninguém poderia sobreviver a sabotagem.


Quando descobrem que não estão sozinhos e que, de fato, a nave foi destruíra propositalmente, Imri – alimentando-se da raiva e ódio de outro sobrevivente que perdera os pais, além de sua própria – decide vingar-se, o que o lança direto para o Lado Sombrio da Força.


Cabe a Venestra salvar a todos eles e trazer o jovem Jedi de volta a luz.


Tendo em mente que não sou o público-alvo deste livro, devo dizer que é uma história bem da boa. Ireland soube muito bem contar a história destes personagens, mostrando seus conflitos claramente. É um livro simples, de leitura rápida e saudável.


A Test of Courage é um livro que recomendo apenas para quem está querendo acompanhar toda a Alta República e o universo de Star Wars, como eu, mas se você não está nesse grupo, pode pular que não vai fazer falta.


Dou a este livro 4de5 Týrs. Se você já leu este livro, quero sua opinião!

Um forte abraço e nos vemos em breve,

Leandro Zapata

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo